Delegado Giuliano Sena - Foto: Wesley Jr. - News Cariri
Delegado Giuliano Sena - Foto: Wesley Jr. - News Cariri

À frente da “Operação Aurantium”, o delegado de Polícia Civil Giuliano Sena afirmou que uma empresa ligada ao vereador Márcio Joias (UB) recebeu mais de R$ 4 milhões através de contratos com a Prefeitura de Juazeiro do Norte, entre 2019 e 2022.

“Essa empresa estaria sendo usada para fraudar licitações em Juazeiro. Existem dois contratos vigentes com o Município de Juazeiro. Um é de 2019, referente a uma concorrência pública. Nós ainda não temos a prova que houve a fraude no procedimento licitatório ou na execução, mas que a fraude já é tida como certa porque foi utilizada por meio de empresa fantasma”, explicou o delegado, em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (20.abr.2022).

Suspeito de integrar uma organização de fraude a licitações e lavagem de dinheiro, Márcio Joias foi afastado do cargo de vereador por 180 dias, por determinação judicial. Na decisão, proferida por um juiz da Vara de Delito de Organizações Criminosas, de Fortaleza, fica determinado que o parlamentar não tenha acesso às dependências da Câmara Municipal a partir desta quarta-feira (20).