“Glêdson imprime os ideais e métodos bolsonaristas”, diz sindicato em nota de repúdio

Foto: Sisemjun/ Divulgação

Em nota de repúdio emitida neste domingo (2.jan.2021), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juazeiro do Norte (Sisemjun) disse que o governo do prefeito Glêdson Bezerra (Podemos) ‘tenta colocar a população juazeirense contra entidade’. O sindicato disse ainda que o prefeito imprime “de forma autoritária, conveniente e oportunista os ideais e métodos bolsonaristas”.

“De forma irresponsável, o prefeito, em sua conta no Instagram, promoveu mais um capítulo do que se denomina de picuinha barata”, diz a nota. “O que o prefeito e seu vice têm feito, com ampla repercussão na imprensa e redes sociais, é a mais vil perseguição política”, acrescenta.

O posicionamento é uma resposta às recentes declarações de Glêdson e do seu vice Giovanni Sampaio (PSD). Ambos se manifestaram contra o pedido do sindicato para cessão de quatro servidores para mandato classista. Glêdson informou que o custo total será R$ 802 mil e disse que os funcionários cedidos ‘receberão seus salários sem trabalhar’, pois estarão ‘à disposição do sindicato’.

“O sindicato tem apenas quatro dirigentes a serviço da entidade, em licença para mandato classista, para defender os interesses dos mais de 4.600 servidores municipais, que o governo Glêdson ataca e tenta subjugar”, justificou a entidade.

|
 Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Siga-nos no FACEBOOK e INSTAGRAM!

Postar um comentário

0 Comentários