Capitão Wagner - Foto: Reprodução/ Facebook
Capitão Wagner - Foto: Reprodução/ Facebook

Pré-candidato ao Governo do Estado, Capitão Wagner (Pros) diz articular a formação de uma espécie de palanque camaleão, com pelo menos três colocações partidárias: de bolsonaristas, moristas e até lulistas. Como potenciais aliados, Wagner citou o PTB e o PL (legendas ligadas ao presidente Jair Bolsonaro); o MDB do ex-senador Eunício Oliveira, hoje aliado à Lula (PT); e o Podemos do ex-ministro Sergio Moro, mesma sigla do senador Eduardo Girão.

“No nosso palanque a gente vai ter uma amplitude tão grande que vai ter eleitor do Lula votando em mim, eleitor do Moro votando em mim, e eleitor do Bolsonaro votando em mim”, afirmou o pré-candidato durante sua última passagem pelo Cariri.

| Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Siga-nos no FACEBOOK e INSTAGRAM!