Vereadores de Juazeiro apontam novas denúncias contra Idab: “Caso de polícia”

Plenário da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte - Foto: Reprodução/ Facebook
Plenário da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte - Foto: Reprodução/ Facebook

Gerenciadora do Hospital Maternidade São Lucas e da UPA do Limoeiro, a Organização Social (OS) Diva Alves do Brasil (Idab) voltou aos holofotes da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte. Na sessão desta quinta-feira (2.dez.2021), vereadores apontaram supostas irregularidades no contrato de ambulâncias.

Em posse de documentos de prestação de contas, o vereador Janú (Republicanos) revelou que a OS fez pagamentos mensais de R$ 40 mil referentes a duas ambulâncias, uma para cada unidade de saúde. O parlamentar, no entanto, disse que na prática a empresa tem usado apenas um veículo para atender os dois equipamentos.

“Uma ambulância fazendo o serviço por duas. Uma verdadeira desmoralização para Juazeiro do Norte”, disse o parlamentar.

Márcio Joias (PTB) classificou as denúncias como caso de polícia. “Cadê a secretária de Saúde? Ela não tá vendo isso não?”, questionou. Ivanildo Rosendo (DC), Adauto Araújo (PTB) e Rafael Cearense (Podemos) também comentaram as denúncias e pediram que elas sejam encaminhadas aos órgãos de fiscalização.



| Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Siga-nos no FACEBOOK e INSTAGRAM!


Postar um comentário

0 Comentários