Outdoor com fotos de Marcos Sobreira e Ednaldo Lavor - Foto: Reprodução
Outdoor com fotos de Marcos Sobreira e Ednaldo Lavor - Foto: Reprodução

A afixação de outdoors com as imagens do prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PSD), do deputado estadual Marcos Sobreira (PDT) e a menção ao governador Camilo Santana (PT) resultou em uma Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) contra os três agentes políticos.

Nesta quarta-feira (15.dez.2021), a Justiça acolheu o pedido ministerial e determinou a retirada dos outdoors, no prazo de 48 horas, sob pena de multa pessoal no valor de R$ 30 mil por dia de descumprimento, para cada um dos acionados.

Pelo menos um dos outdoors foi contratado pelo deputado Marcos Sobreira. A peça publicitária instalada numa via pública tem fotos de Sobreira e Lavor, com os dizeres em destaque: “Mais uma parceria entre o deputado estadual Marcos Sobreira, prefeito Ednaldo Lavor e governador Camilo Santana”, além do logotipo e conta no Instagram do deputado.

Segundo o MP, a publicidade foi utilizada como forma de associar as obras realizadas com recursos públicos aos seus nomes e imagens, com a finalidade de angariar prestígio político e obter lucros no próximo pleito eleitoral, em vez adotar um caráter informático ou educativo.

O juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Iguatu determinou, ainda, que os agentes políticos acionados se abstenham de veicularem publicações de ações governamentais que caracterizem promoção pessoal, sob pena de multa pessoal no valor de R$ 50 mil por dia de descumprimento.

LEIA TAMBÉM:
| Moro virá a Juazeiro do Norte pedir as bênçãos do Padre Cícero, anuncia Fernandão
| Mirando 2022, Capitão Wagner e bolsonaristas ‘marcam terreno’ no Cariri

| Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Siga-nos no FACEBOOK e INSTAGRAM!