Delegado Giuliano Sena - Foto: Rogério Brito/ emoff.news
Delegado Giuliano Sena - Foto: Rogério Brito/ emoff.news

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (18.nov.2021), o delegado Giuliano Sena afirmou que os agentes públicos alvos da Operação “Públio Vatínio” por suposta exploração do jogo do bicho terão o prazo de dois dias para colocarem tornozeleiras eletrônicas. Entre os investigados, um é vereador de Juazeiro do Norte e deverá usar o equipamento.

“O juiz entendeu que no momento não há indícios para as prisões preventivas, mas decretou medidas cautelares, o tornozelamento eletrônico. Eles vão ter dois para colocar a tornozeleira sob pena de o juiz converter em prisão preventiva”, explicou o delegado.



Guiliano disse ainda que os agentes públicos são investigados separadamente, alguns por fraude em licitações, outros por exploração de jogos de azar. “Tem vereador que só está explorando o Jogo do Bicho e outros fraudes em licitações”, explicou.

Contra os três parlamentares, há uma determinação do Poder Judiciário para afastá-los por 180 dias até o término das investigações. 

Clique aqui para conferir todas as matérias relacionadas à Operação Públio Vatínio.

| Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Siga-nos no FACEBOOK e INSTAGRAM!