Glêdson comenta investigações da Públio Vatínio: “Qualquer um está passível a passar por isso”

Glêdson Bezerra concede entrevista a repórteres - Foto: Reprodução/ Facebook
Glêdson Bezerra concede entrevista a repórteres - Foto: Reprodução/ Facebook

O prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (Podemos), comentou nesta sexta-feira (19.nov.2021) a decisão judicial que afastou por 180 dias os vereadores Darlan Lobo (PTB), Capitão Vieira Neto (PTB) e Beto Primo (PSDB) – alvos da Operação “Públio Vatínio”. Pregando cautela, o gestor juazeirense considerou que ainda é cedo para opinar sobre as investigações.

“Qualquer um de nós está passível a passar por isso. Qualquer cidadão pode ser alvo de uma investigação, e ninguém pode ser submetido a uma execração pública sem ter uma sentença condenatória transitada e julgada”, afirmou o prefeito durante entrevista ao repórter Pedro Silva, da Tempo FM.

“As pessoas são inocentes até que se provem o contrário. Então cada coisa no seu quadrado, no seu tempo, esperar que as pessoas possam manifestar o seu lado. Se são inocentes ou não, isso vai ficar a cargo da Justiça”, acrescentou.

“Como gestor público eu preciso ter o comedimento de saber que as coisas têm o seu tempo, precisa respeitar as pessoas envolvidas, dar o direito de defesa e contraditório e o futuro a Justiça vai adotar as suas providências”, completou.

Clique aqui para conferir todas as matérias relacionadas à Operação Públio Vatínio.

|
 Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Siga-nos no FACEBOOK e INSTAGRAM!


Postar um comentário

0 Comentários