André Figueiredo e Júnior Mano ‘censuram’ seguidores após voto favorável à PEC do Calote

Deputado André Figueiredo - Foto: Reprodução
Deputado André Figueiredo - Foto: Reprodução

Depois de votarem a favor da PEC dos Precatórios, os deputados André Figueiredo (PDT) e Júnior Mano (PL) limitaram os comentários de seguidores nas redes sociais para conter uma onda de reprovação após a aprovação da PEC 23, em primeiro turno, na Câmara dos Deputados.

As críticas soaram mais forte contra a bancada do PDT. Dos cinco parlamentares cearenses filiados à sigla, apenas Idilvan Alencar votou contra a proposta. Além de Figueiredo, Eduardo Bismarck, Leônidas Cristino e Robério Monteiro votaram sim e abriram a porteira para que a chamada “PEC do Calote” chegue ao Senado.

Os votos pedetistas foram decisivos e, até em caso de ausência, os quatros parlamentares cearenses poderiam impedir a aprovação da PEC. Isso porque a proposta recebeu somente quatro votos a mais que os necessários (308) para aprovação de uma emenda à Constituição.

|
 Acompanhe o EmOFF no FacebookInstagramTwitterGoogle News e WhatsApp.

Postar um comentário

0 Comentários