Pergetina atendeu a terceira convocação da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte - Foto: Josimar Segundo/ CMJN
Pergetina atendeu a terceira convocação da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte - Foto: Josimar Segundo/ CMJN
A secretária da Educação de Juazeiro do Norte, Pergentina Jardim, atendeu nesta terça-feira (5.out.2021) a terceira convocação da Câmara Municipal. Da Tribuna da Casa, ela presenciou desentendimentos entre parlamentares da base governista e da oposição, em torno da pauta da convocação.

A princípio, Pergentina deveria responder a 14 pontos pré-definidos, como retorno das aulas presenciais, lotação de professores, entre outros. Autor da convocação, o vereador Capitão Vieira Neto (PTB) foi acusado por colegas de ‘fugir da pauta’, o que gerou intervenções da base governista.

O conflito começou quando Márcio Joias (PTB) interrompeu Vieira Neto e afirmou que a secretária “não foi chamada para ser indagada por esse tipo de pergunta”. Para evitar um tumulto, o presidente Darlan Lobo (PTB) interveio e ameaçou: “Quero autorizar ao assessor jurídico a mandar todas essas falas ao Ministério Público”. Márcio contestou: “Mande pro Japão”.

Com os ânimos apaziguados, Vieira Neto disse que não desviou da matéria. “Estávamos falando sobre educação. Não estava perguntando sobre consulta médica, não. Eu estava perguntando a ela sobre um contrato que ela assinou de quase R$ 6 milhões por ano, de uma empresa que sequer ônibus tem”, justificou.



 | Receba as últimas do EmOFF direto no seu WhatsApp! Peça a inclusão do seu número em nossa lista de transmissão.