Câmara Municipal de Potengi - Foto: Reprodução/ Facebook
Câmara Municipal de Potengi - Foto: Reprodução/ Facebook

Os vereadores Cie das Guaribas e Edivânio, eleitos ano passado pelo PSD de Potengi, no Cariri, e os oito suplentes da sigla tiveram seus mandatos cassados pela Justiça Eleitoral, na última quinta-feira (21.out.2021). A decisão foi motivada por fraude na cota de gênero.

Em 2020, o PSD de Potengi registrou dez candidaturas à Câmara Municipal: sendo sete de homens e três de mulheres, conforme estabelece a legislação eleitoral, que determina cota de 30% para candidatas nas eleições proporcionais.

Contudo, denúncias apontam que as mulheres estavam na chapa apenas para cumprir a cota de gênero, sem realizar campanha. Juntas, as três candidatas somaram 128 votos. A maioria deles obtidos por Leonir (122), enquanto Marly Duarte teve quatro votos e Carina de Morais apenas dois.

Com a decisão, os 1.427 votos da chapa foram considerados nulos. Além disso, Marly e Carina ficaram inelegíveis por oito anos.

| Acompanhe o EmOFF no FacebookInstagramTwitterGoogle News e WhatsApp.