Ciro deixa Eunício falando sozinho

O ex-senador Eunício Oliveira - Foto: Reprodução/ Facebook
O ex-senador Eunício Oliveira - Foto: Reprodução/ Facebook
A fim de atrair os holofotes para si, Eunício Oliveira (MDB), quase que diariamente, tem apontado sua metralhadora giratória contra Ciro Gomes (PDT). O pedetista, por sua vez, tem ignorado as provocações e deixado Eunício falando sozinho.

Em mais uma investida, Eunício ironizou nesta terça-feira (5.out.2021) a bandeira branca levantada por Ciro, que sugeriu uma trégua nos ataques contra o ex-presidente Lula (PT).

“Coroné miou, como gatinha. Coroné arregou. Cadê a valentia, rapaz? Cadê a coragem?”, provocou Eunício, com a mesma 'criatividade' de garotos de 5ª série.

Em áudio que circula nas redes sociais, Eunício diz que “falta voto” para Ciro e que o rival é odiado tanto pela esquerda, como pela direita. O emedebista, no entanto, esquece que faltou voto para ser reeleito ao Senado, em 2018.

Nas urnas, Eunício acabou rejeitado por setores da esquerda e da direita cearense. A esquerda o preteriu por ter votado a favor do impeachment de Dilma (PT), em 2016, e escolheu Cid Gomes (PDT). Já a direita elegeu Eduardo Girão (Podemos).

| Acompanhe o EmOFF no FacebookInstagramTwitterGoogle News e WhatsApp.

Postar um comentário

0 Comentários