O prefeito Glêdson Bezerra e o vice-prefeito Giovanni Sampaio
O prefeito Glêdson Bezerra e o vice-prefeito Giovanni Sampaio - Foto: Reprodução/ Facebook Glêdson Bezerra
O processo de cassação do prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (Podemos), teve novo desdobramento nessa quinta-feira (17.jun.2021) e resultou em mais um revés ao gestor juazeirense. A Procuradoria Eleitoral do Estado emitiu parecer pela manutenção da sentença que cassa os diplomas da chapa eleita em 2020. O processo segue para a relatora do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), antes de ser colocado em votação no colegiado do Tribunal.

À medida que o processo avança na Justiça Eleitoral, cresce a possibilidade de novas eleições em Juazeiro do Norte. O assunto, inclusive, já é discutido nos corredores da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte. Na sessão dessa última quinta-feira (17), o vereador Capitão Vieira Neto (PTB) apontou movimentos que, segundo ele, reforçam a existência de formações de chapas mirando um novo pleito.

“Os cacifes políticos do Estado e alguns do Município já estão certos de uma eleição complementar. O ex-vice-prefeito Luiz Ivan já se filiou ao MDB. O deputado Fernando Santana já mudou o domicílio eleitoral. O ex-prefeito Arnon já está no PDT”, lembrou o parlamentar.

LEIA TAMBÉM:
“Chapa para eleição complementar é Fernando Santana e Luiz Ivan”, especula Vieira Neto
| “Não descarto essa possibilidade”, diz Fernando Santana sobre disputar Prefeitura de Juazeiro do Norte

| Receba as últimas do EmOFF direto no seu WhatsApp! Peça a inclusão do seu número em nossa lista de transmissão.