Giovanni classifica processo de cassação como ‘golpe’: “querem ganhar no tapetão”

O vice-prefeito de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio
O vice-prefeito de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio - Foto: Prefeitura de Juazeiro do Norte
O vice-prefeito Giovanni Sampaio (PSD) classificou como “golpe” o processo de cassação da chapa que ele compôs ao lado do prefeito Glêdson Bezerra (Podemos), em 2020. Com o avanço da ação - que tramita em segunda instância -, cresce a possibilidade de novas eleições em Juazeiro do Norte.

LEIA TAMBÉM: Procuradoria Eleitoral emite parecer favorável à cassação de Glêdson

“O povo não vai aceitar esse golpe de muitos que não se conformaram com a derrota”, desabafou o vice-prefeito na última sexta-feira (18.jun.2021) à rádio Progresso FM. “Estão querendo ganhar a eleição no tapetão. Puxar o tapete, Juazeiro não aceita”, acrescentou.

Sampaio acredita em um “interesse eleitoral” por trás do processo. Para ele, lideranças locais já discutem nos bastidores a formação de possíveis chapas visando uma eventual eleição suplementar. “Não estão aceitando. Tentam a todo tempo tirar o prefeito Glêdson. Existe interesse eleitoral. Já existe chapa lançada”, afirmou.

O vice-prefeito, inclusive, avaliou o cenário hipotético de uma nova eleição em Juazeiro. Na ótica de Giovanni, os adversários de Glêdson serão “vergonhosamente derrotados” pela segunda vez. “Se não souberem acatar o resultado das urnas, vai ser pior, vai doer mais, e será mais vergonhoso”.

RELACIONADAS:
“Chapa para eleição complementar é Fernando Santana e Luiz Ivan”, especula Vieira Neto
| “Não descarto essa possibilidade”, diz Fernando Santana sobre disputar Prefeitura de Juazeiro do Norte

| Receba as últimas do EmOFF direto no seu WhatsApp! Peça a inclusão do seu número em nossa lista de transmissão.


Postar um comentário

0 Comentários