O governador Camilo Santana
O governador Camilo Santana - Foto: Reprodução/ Facebook/ UOL
O governador Camilo Santana (PT) criticou nesta terça-feira (15.jun2021) o comportamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) frente a pandemia de covid-19 no Brasil. Em entrevista ao portal de notícias UOL, ele desaprovou a motociata promovida pelo presidente no último sábado (11), em São Paulo.

“É inacreditável. Uma falta de respeito enquanto o Brasil vive uma das piores crises, próximo a 500 mil mortes, o presidente como maior autoridade estimulando a aglomeração, estimulando o não uso da máscara. É lamentável que a maior autoridade desse país se utilize do negacionismo, orientando, inclusive, a utilização de medicamentos não comprovados cientificamente”, disse Camilo.

“É salutar que todos os governadores, todos os prefeitos possam [reagir a esse comportamento], claro, com respeito, porque ele [Bolsonaro] é a maior autoridade desse país, mas ele está desrespeitando o povo brasileiro, desrespeitando as famílias que perderam os seus entes queridos. É desastrosa a forma como a maior autoridade desse país tem conduzido essa pandemia”, acrescentou o governador cearense.



LEIA TAMBÉM:
| Camilo perde a paciência com aglomeradores: “Falta de respeito”
Camilo contesta plano de Bolsonaro de desobrigação de máscaras por vacinados: "Máscaras salvam vidas"
Camilo comemora liberação da Sputnik: “Não vou descansar até que todos os cearenses sejam vacinados”

| Receba as últimas do EmOFF direto no seu WhatsApp! Peça a inclusão do seu número em nossa lista de transmissão.