“Veja isso aí, prefeito”, alerta Vieira Neto após apresentar indícios de superfaturamento de até 214% pela Idab

O vereador Capitão Vieira Neto
O vereador Capitão Vieira Neto - Foto: Josimar Segundo/ CMNJ
À frente do Hospital São Lucas e da UPA do Limoeiro, o Instituto Diva Alves do Brasil (Idab) pautou mais uma vez os trabalhos na Câmara de Vereadores de Juazeiro do Norte. Na sessão desta terça-feira (18.mai.2021) o vereador Capitão Vieira Neto (PTB) apresentou uma planilha comparativa com indícios superfaturamentos na contratação de serviços que chegam até 214%.

O parlamentar comparou os gastos com alimentação, ambulância, engenharia elétrica e laboratório das últimas prestações de contas da Idab e Aceni (que geriu os dois equipamentos de saúde até fevereiro deste ano). Em março, por exemplo, a Idab pagou R$ 105 mil na contratação de ambulâncias. O valor é 214% maior em relação ao valor pago pela Aceni, em fevereiro: R$ 7 mil.

LEIA TAMBÉM:
Glêdson diz que será duro com Idab, mas pede paciência
Idab comprou dipirona superfaturada em 300%, denuncia vereador
OS do esquema que derrubou governador do RJ é convocada para assumir UPA e hospital em Juazeiro do Norte

Em alimentação as despesas passaram de R$ 67,2 mil para R$ 149,2 mil, numa variação de 122%; com engenharia clínica de R$ 25,9 mil para R$ 50,2 (93%); e com laboratório de R$ 59,1 mil para R$ 105 mil, valor 77% maior. Os valores são referentes aos meses de fevereiro e março deste ano.

“Estão levando o dinheiro da Saúde do município de Juazeiro de forma descarada. O esquema é pesado e é necessária uma investigação profunda”, disse Vieira Neto, que ainda fez uma cobrança ao prefeito Glêdson Bezerra (Podemos): “Esses assuntos precisam ser esclarecidos, prefeito Glêdson Bezerra. Se o prefeito cala e secretária se cala, no mínimo eles são coniventes”, completou.



| Receba as últimas do EmOFF direto no seu WhatsApp! Peça a inclusão do seu número em nossa lista de transmissão.

| ASSISTA: Vereador compara kit de merenda escolar a lavagem: “Quem cria suíno não dá um negócio desse”

Postar um comentário

0 Comentários