O vereador Capitão Vieira Neto
O vereador Capitão Vieira Neto - Foto: Josimar Segundo/ CMJN
O vereador Capitão Vieira Neto (PTB) afirmou que o motivo da viagem do prefeito Glêdson Bezerra (Podemos) a Brasília é para “pedir socorro para não ser cassado”. A declaração foi dada na sessão desta quinta-feira (13.mai.2021) da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte.

Para Vieira Neto, o prefeito não viajou com o intuito de viabilizar recursos para Juazeiro do Norte, mas para conseguir apoio para barrar o processo de cassação que tramita na Justiça Eleitoral. Glêdson e o seu vice, Giovanni Sampaio (PSD), tiveram seus diplomas cassados pela Justiça Eleitoral, mas continuam nos cargos até o trânsito em julgado.

“Ele foi lá pedir ajuda para não ser cassado. O prefeito foi a Brasília bater na porta do gabinete do senador [Eduardo] Girão e do [deputado] Capitão Wagner para pedir socorro sobre o processo de cassação que está enfrentando, das suas prestações de contas que não foram aprovadas, do uso do dinheiro do empresário Gilmar [Bender] na sua campanha”, disse.

Até a publicação desta matéria, Glêdson se limitou a apenas uma postagem sobre a sua agenda em Brasília. Nela, o prefeito aparece, numa primeira foto, ao lado do ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), e numa segunda, com a deputada e correligionária Renata Abreu (Podemos). “Em Brasília tratando de interesses de nossa cidade”, escreveu o prefeito.

LEIA TAMBÉM:
Glêdson vai a Brasília em meio a protestos em Juazeiro do Norte
Yanny aconselha Glêdson: “Precisa deixar de lado esse discurso de vítima” 
Darlan pode assumir Prefeitura caso Justiça mantenha cassação dos diplomas de Glêdson e Giovanni

Assista ao momento: