Câmara Municipal de Potengi - Foto: Divulgação
Câmara Municipal de Potengi - Foto: Divulgação
Nomeada para o cargo de assessora da Presidência da Câmara de Potengi, no Cariri Oeste, Maria Aparecida Firmino Rodrigues confessou a existência de um esquema de ‘rachadinha’ no Poder Legislativo. Em áudio que circula nas redes sociais, ela revela que divide o salário de R$ 1.045,00 com outra funcionária.

VIU ISSO? Prefeitos no Cariri transformam vacinação em palanque

“É dividido entre eu e uma menina que trabalha junto comigo. É metade pra uma e metade pra outra. R$ 966,00 cai na minha conta e eu transfiro R$ 450,00 pra conta da menina que trabalha comigo”, assumiu a assessora.

Até a publicação desta matéria, o presidente da Câmara de Potengi, vereador Ailton Leite (PSOL), não se pronunciou sobre o caso.

| Receba as últimas do EmOFF direto no seu WhatsApp! Peça a inclusão do seu número em nossa lista de transmissão.