Idab comprou dipirona superfaturada em 300%, denuncia Vieira Neto

O vereador Capitão Vieira Neto
O vereador Capitão Vieira Neto - Foto: Divulgação/ CMJN
O vereador Capitão Vieira Neto (PTB) denunciou na sessão desta terça-feira (11.mai.2021) um suposto esquema de superfaturamento na compra de medicamentos organizado pelo Instituto Diva Alves do Brasil (Idab) – organização social (OS) responsável por dois equipamentos de Saúde em Juazeiro do Norte.

“Será possível que tem é criança aqui?”, reclama Darlan em sessão marcada por bate-bocas na Câmara de Juazeiro

O parlamentar teve acesso a notas fiscais que, segundo ele, foram omitidas pela OS na prestação de contas com a Prefeitura de Juazeiro do Norte. Em posse dos documentos, ele expôs compras superfaturadas de remédios e equipamentos de proteção em até 400% sobre o valor de referência.

Segundo Vieira Neto, só na aquisição de Dipirona sódica houve superfaturamento de 300%. Em 16 março, a OS adquiriu o analgésico a R$ 0,54 por unidade. Dois dias depois, comprou o mesmo medicamento ao preço de R$ 1,50. “Eu acho que agora eles vão para a cadeia”, afirmou o parlamentar.

As notas fiscais ainda incluem a compra de dexametasona, penicilina, algodão, luvas, máscaras e outros equipamentos de segurança individual (EPI).

ASSISTA AO MOMENTO DA DENÚNCIA:


Postar um comentário

0 Comentários