Juiz cassa diplomas de Glêdson e Giovanni por uso de helicóptero de Bender

Gilmar Bender, Glêdson Bezerra e Giovanni Sampaio - Foto: Reprodução
Glêdson Bezerra e Giovanni Sampaio - Foto: Reprodução
O juiz Giacumuzaccara Leite Campos, da 28ª Zona Eleitoral do Ceará, cassou nesta sexta-feira (30.abr.2021) os diplomas do prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (Podemos), e do vice-prefeito Giovanni Sampaio (PSD). O magistrado considerou que houve abuso de poder econômico no uso do helicóptero do empresário Gilmar Bender durante uma carreata na campanha eleitoral de 2020.

Na decisão, o juiz considera que o uso da aeronave trouxe "grande benefício” a Glêdson e Giovanni, “a ponto de tornar injusta e desproporcional a propaganda eleitoral". “Os impugnados, em especial o candidato Glêdson Bezerra, eram concordantes com a prática laborada por seu principal apoiador e financiador de campanha, Gilmar Luiz Bender, quanto a utilização do helicóptero, em benefício de sua ‘mega carreata’”, destaca.

A decisão cabe recurso. Glêdson e Giovanni ainda não se pronunciaram sobre a decisão.

Maior financiador

Preterido pelo PDT e impossibilitado de ser candidato, Bender decidiu aliar-se ao então candidato Glêdson Bezerra e doou para a campanha o valor de R$ 255 mil. Os gastos com a aeronave não foram divulgados na prestação de contas.


Postar um comentário

0 Comentários