O governador Camilo Santana

O governador Camilo Santana (PT) fez um apelo ao que chamou de “oposição odienta” e pediu um basta na disseminação de notícias falsas relacionadas à pandemia. Sem citar nomes, Camilo deixou claro a quem a mensagem é direcionada: “aqueles que foram contra a vacina, os que sempre estimularam aglomerações, e aqueles conhecidos por promover motins”.

| Acompanhe o EmOFF no FacebookInstagram e Twitter.

“Parem de espalhar fake news e estimular o ódio. Quando vocês espalham fake news e fazem ataques covardes, vocês não agridem só a mim, mas a todas as famílias cearenses que sofrem na pandemia”, escreveu o governador. “Se não querem ajudar, parem de querer atrapalhar as nossas ações para salvar vidas. Tenham mais respeito, solidariedade e empatia”, completou.

LEIA TAMBÉM:
| 
“Camilo pode ter aspirações para ser presidente”, diz Lula
Ciro rasga elogios a Tasso e põe em xeque apoio à candidatura de Camilo ao Senado
Tasso é convidado para disputar Planalto; autor do convite diz que movimento pode atrair Ciro Gomes