Vereador em Crato faz uso da palavra ao volante e é advertido pela presidência: “pare o seu carro”

Câmara do Crato
Sessão virtual da Câmara Municipal do Crato (Foto: Reprodução/ Facebook)
Na sessão legislativa desta segunda-feira (22.mar.2021), o presidente da Câmara do Crato, vereador Florisval Coriolano (PRTB), advertiu o vereador Marcondes da Vila (MDB) por fazer uso da palavra ao volante. Os parlamentares discutiam a formação de uma comissão para visitar as obras do conjunto habitacional São Bento, do programa Casa Verde e Amarela, do Governo Federal.

“Marcondes, deixa eu solicitar só uma coisa: pare o seu carro, por favor”, pediu Florisval. “Tá OK, eu vou parar aqui, viu?”, respondeu Marcondes. “Por favor não dirija assistindo porque dá problema”, completou o presidente da Casa.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir o veículo segurando ou manuseando o telefone celular é infração gravíssima. A multa para os infratores é de R$ 293,47, além de sete pontos na Carteira de Habilitação. Marcondes também não usava cinto de segurança. O CTB prevê multa de R$ 195,23 e cinco pontos na CNH para quem é flagrado sem o equipamento de segurança.

LEIA TAMBÉM:
• Padre subsecretário em Juazeiro chama Camilo Santana de “governador bandido”

• Deputado destina R$ 100 mil a Juazeiro e defende criação de hospital veterinário
• Camilo defende Ciro e manda indireta a Bolsonaro


Postar um comentário

0 Comentários