Argemiro contesta dívida da Prefeitura junto à Enel e faz ‘tutorial de negociação’

O ex-prefeito Argemiro Sampaio (Foto: Reprodução)
O ex-prefeito Argemiro Sampaio (PSDB) contestou o débito de R$ 2,8 milhões da Prefeitura de Barbalha junto à Enel. Os números foram apresentados pelo atual prefeito, Dr. Guilherme Saraiva (PDT), no último domingo (14.fev.2021). Sampaio alega que a empresa faz cobranças indevidas e, além disso, deve valores à Prefeitura.

Numa transmissão ao vivo realizada nessa segunda-feira (15.fev), Argemiro fez uma espécie de tutorial para orientar a nova administração municipal a negociar com a concessionária de energia elétrica. “Prestem atenção neste vídeo, vamos deixar de politicagem,  senão a Enel vai cobrar coisa que a prefeitura não deve”, alertou.

Dos R$ 2,8 milhões cobrados pela Enel, Argemiro alega que R$ 1,2 milhão é de cobranças indevidas. Isso porque, segundo ele, a empresa fez uma contagem equivocada do número de lâmpadas da cidade. “A Enel inventou que tinha R$ 1,2 milhão [de dívida]. Não foi conta deixada por mim”.


Postar um comentário

0 Comentários