Secretário de Finanças justifica recebimento de auxílio emergencial: "Não tinha rendimento nenhum"

Secretário Paulo André de Lima (Foto: Reprodução)

O secretário de Finanças de Juazeiro do Norte, Paulo André de Lima, disse nesta terça-feira (12.jan.2021) que tinha, em meados de 2020, renda familiar abaixo de três salários mínimos para justificar o recebimento de três parcelas de R$ 600,00 do auxílio emergencial.

Em entrevista à Tempo FM, Paulo André afirma que está "muito surpreso" com as informações divulgadas pela CBN Cariri. Como justificativa, ele disse que cumpria todos os critérios para receber o benefício e "não tinha rendimento nenhum". O secretário, no entanto, passou sua lua de mel em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. A viagem teve duração de quatro dias com direito a passeio pela Rota do Enoturismo.

"Quatro dias especiais em Bento Gonçalves. Lua de mel merecida depois de tantos cancelamentos de viagem motivados pela Covid-19", escreveu o secretário em 27 de outubro de 2020, no Instagram.

O secretário ainda negou que seja sócio de um escritório de advocacia com sedes em Fortaleza, Maceió e Recife. "Isso é de um amigo meu que colocou uma imagem minha e eu já pedi para tirar", disse Paulo André.



Postar um comentário

0 Comentários