Candidatos do Cariri adotam discurso para afugentar ‘paraquedistas’

Giovanni Sampaio, Helaine Mendonça e Normando Sóracles (Foto: Reprodução)
Com o pontapé inicial da campanha, iniciada nessa quinta-feira (16), alguns candidatos com atuação política no Cariri têm usado um discurso para afugentar ‘políticos paraquedistas’. O termo é usado para os candidatos que aparecem na região apenas em período eleitoral.

O comunicador Normando Sóracles (PSD), por exemplo, tem levantado esse debate com frequência. “Eles vêm aqui [no Cariri] só para pedir votos”, disse o candidato que concorre pela segunda vez ao cargo de deputado federal, em um stories no Instagram.

A candidata à Assembleia Legislativa, Helaine Mendonça (PSDB) se posicionou sobre o assunto na tarde desta sexta-feira (17). “É preciso que as pessoas deem valor a quem defende a nossa região. O Juazeiro do Norte é cobiçado politicamente”, afirmou a empresária em entrevista à rádio Iracema FAC.

Já o vice-prefeito de Juazeiro e candidato a deputado estadual, Giovanni Sampaio (PPS), recentemente, denunciou a existência de compras de votos. Segundo ele, os valores chegam a atingir a casa de R$ 100 mil para que lideranças transfiram votos para postulantes que não têm ligação com a região.